Livro

Para Sempre – Alyson Nöel

“Para sempre” é o primeiro livro da série “Os Imortais” e conta a história de Ever Bloom, uma menina que tinha tudo: era popular, tinha um namorado perfeito e tudo o que toda garota sempre sonhou em ter na sua vida perfeita em Oregon. Porém, tudo isso acaba quando, num acidente de carro, toda a sua família, inclusive sua cachorrinha, morrem e apenas ela sobrevive. Após essa experiência de “quase morte”, ela se vê com poderes paranormais que ela nem sequer gosta, como ver auras, ouvir pensamentos das pessoas e saber da história delas com apenas um toque. Ela se muda pra Laguna Beach para morar com sua tia, única parente viva. Em seu novo colégio, ela conhece Damen Auguste, um novo aluno, sedutor e que ela se vê perdidamente apaixonada por ele e seus mistérios.

Alyson Nöel soube criar uma história que me atrairia bastante para ler e, realmente, me atraiu. Li esse livro pela primeira vez já faz algum tempo (uns 2, 3 anos, acredito) e ele ficou naquela minha lista de livros neutros que eu acredito que a maioria das pessoas tem. Não era meu favorito, nem o meu odiado. Eu gostei do livro, é aquela leitura quando você não ta afim de pegar algum livro super comprido ou pesado para ler. Eu reli ele faz uns 5 dias e continuo com a mesma opinião. Se a autora tivesse parado nesse livro, eu com certeza amaria ela para sempre (aaah, pegaram o trocadilho?).

Ok, apesar das personagens principais se apaixonarem ESTUPIDAMENTE rápido, e a Ever ser uma das que podemos chamar loira burra, o romance cobriu minha ânsia por beijos fofos e diminui minha carência, porque você se vê torcendo para que tudo dê certo. Eu sou metida a fazer analises psicológicas profundas nas personagens e acho que foi isso que me deixou muito brava com o livro em certas partes. Damen é egoísta, mesquinho, acha que o mundo gira em torno dele e, provavelmente, acredita que não há nada que ele não possa fazer. Muitos leem o livro e falam: “ok, ele é um garoto normal”, mas ele consegue me irritar, muito, muito, muito mesmo com a arrogância, petulância e todos os comentários negativos.

Por causa disso, não posso dar 5 estrelas pro livro, porque eu tenho uma relação de amor e ódio com ele. Tem hora que eu gosto, tem hora que eu odeio. Vou deixar ele com 4 estrelas, porque continua sendo um bom livro para aquelas noites que não tem nada para fazer.

Pena que a história só piora nas continuações… Mas isso é história pra outro post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s