Etc

Filmes, ah, os filmes~

Estou super ansiosa para assistir Les Miserables. Nas férias de verão do ano passado (2011-2012), eu peguei o musical para assistir, aquele show super enorme que fizeram para homenagear com 25 anos de Les Mis em Londres, sabe? Eu simplesmente amei. As músicas, o enredo. Eu já tinha lido uma adaptação do livro (que é bem grande, né) pra uma prova do livro quando eu tava no Ensino Fundamental e tinha pego o primeiro livro para ler ano passado. Li toda a parte da Fantine e não continuei, porque me atolei em provas, vestibular, estudos e não me sobrou tempo para ler aquele livro enorme. Afinal, eu tinha que pegar emprestado da biblioteca, e eu não podia pegar Les Mis sabendo que eu tinha uma lista enorme de livros para ler para o vestibular.

Com toda essa ansiedade para ir assistir nos cinemas, eu comecei a tentar lembrar qual foi o primeiro filme que fui assistir no cinema. Eu não me lembro. Provavelmente foi Hércules, em 1997, eu tinha 2 aninhos e minha irmã mais velha tinha 4, por isso, chuto no Hércules. Mas o primeiro filme que eu realmente me lembro de ter assistido foi Atlantis, o Império Perdido, em 2001. Lembro que na época teve um brinde do McDonalds que vinha uma revistinha com um montão de imagens em 3D do filme e com um óculos daqueles de celofane, sabe? Ai, eu achava o máximo da inovação tecnológica. No mesmo ano, eu assistir A Nova Onda do Imperador, que continua sendo um dos meus filmes de animação favoritos, principalmente por causa disso:

Até hoje eu canto junto, haha.

Ainda em 2001, temos muitos outros filmes. Parece que foi o BOOM de filmes da Pixar. Monstros S.A. fez parte desse filme e passou nos cinemas junto com Harry Potter e a Pedra Filosofal, porque eu lembro que briguei com a minha irmã na fila do cinema. No final, assistimos Harry Potter e depois voltamos para assistir Monstros S.A.

Devo admitir que 2001 foi um ano bem marcante quando se trata de cinema, principalmente para mim. Eu tinha 6 anos, então eu já conseguia me lembrar das coisas (e parar quieta na cadeira do cinema, que é o principal). Apesar de eu estar com quase 18 anos nas costas, é raro eu ir no cinema se não for com a minha mãe e minha irmã mais nova (fiquei até triste que elas foram assistir Detona Ralph sem mim, vê se pode) e, quando eu vou, é porque um amigo meu me chamou ou porque eu estou com MUITA vontade de assistir um filme.

Foi o que aconteceu com Jogos Vorazes. Eu devorei os três livros em menos de 1 semana antes da estreia no cinema e depois fiquei enchendo o saco da minha para ela me levar para assistir, já que eu não tinha verba o suficiente para ir com os meus amigos. Sou muito de assistir filme em casa, no conforto da minha cama e com pipoca bem mais barata. Eu coloco o filme no meu notebook, deito na minha cama, fecho a porta do quarto e deixo ele bem escurinho. Tenho uma sessão de cinema perfeita. 

Mas Les Miserables VAI ser uma exceção. Eu já estou a caça de voluntários que queiram ir comigo assistir. Mas tem uma condição: tem que me aguentar cantando todas as músicas do filme. E chorando bastante.

Ah, filmes. A sétima arte que movimenta bilhões de dólares por todo mundo e que não vivemos sem. Filmes, ah, os filmes~

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s