Livro

I’ll go down with this ship #1

  • AO CLICAR NAS IMAGENS DO POST, VOCÊS SERÃO AUTOMATICAMENTE DIRECIONADOS AO DEVIANTARTS DOS RESPECTIVOS ARTISTAS. OBRIGADA.
  • ESTE POST PODE CONTER SPOILERS…

(eu afundarei com esse navio #1)

Ship (navio em inglês) é o termo em que as pessoas designam um casal de livros, séries, filmes, etc, etc, etc. Um exemplo, Harry e Gina, Hermione e Rony. Esses ships são “canons”, ou seja, estão presentes na obra e foi o autor que criou. Porém, existem ships n0n-canon, que não são da obra original, como Harry e Hermione (<3) e Gina e Draco (<3).

Os ships também podem ser chamados de OTP – One True Pairing.

Depois dessa pequena introdução sobre ships, começarei com o primeiro post sobre isso. Eu sou uma menina que se envolve bastante com isso, na verdade. Eu choro pelos meus ships, meu Tumblr tem páginas e páginas e mais páginas de fotos, textos, citações, montagens e tudo o que há de bom sobre meus OTPs. Hoje, para não chocar vocês, começarei com os meus canons.

PERCABETH

and then they fall, into the Tartarus, together...
Percabeth ❤

Acho que todos que já leram Percy Jackson tem sentimentos por esse casal, o mínimo que seja. Fala sério, olha para esses dois lindos e maravilhosos. Desde a primeira vez que a Annabeth apareceu junto com o Percy eu sabia que aquela união não iria prestar para o meu coração. Eles começam como amigos, relação puramente inocente, principalmente no primeiro livro, O Ladrão de Raios.  Já no segundo livro, O Mar de Monstros vemos a relação dos dois amadurecer, com o Percy preocupado com a Annabeth e vice versa.

O ápice da relação com certeza vem no último livro da série Heróis do Olimpo. A Marca de Atena, ainda não lançado no Brasil e com previsão para Maio, vemos nossos dois lindos e fofos juntos para mais uma missão depois de tanto tempo separados. Rick Riordan compensou os fãs dando um momento fofo atrás do outro, tudo isso sem estragar o andamento do livro. Ah, fãs de Percabeth, HAJA CORAÇÃO para o final de Marca de Atena.

Deixo aqui registrado que até hoje eu faço isso na hora que me deito na cama:

Deite, tente não chorar, chore muito.

TOBIAS + TRIS

Tobias and Tris ❤

Esse é outro casal que você percebe a tensão sexual acumulada desde a primeira vez que os dois aparecem juntos. Beatrice sendo a mais destemida dos iniciantes logo no primeiro dia e Quatro sendo o treinador dos transferidos. Ai, quem nunca se apaixonou por um professor, instrutor, treinador, ou qualquer outra coisa que exerça o mínimo de autoridade sobre você? Com certeza, não é uma das relações mais seguras do mundo (pedofilia, pedofilia, pedofilia), mas sabe ser adorável. Deve ser o jeito que a autora descreve a relação dos dois. Tobias sabe que a Tris, na verdade, é bem forte e corajosa, porém, o jeito que ele a trata é tão… Own.

Além de ser pedofilia, já que Tobias já tem 18 anos e é o instrutor dela, temos a situação que os dois são divergentes, os dois gostam de agir por conta própria, porém os dois querem a confiança mútua. Isso, com uma pitada de “eminência de morte”, forma uma mistura explosiva que podemos ver um muitas partes de Insurgente, também previsto para o primeiro semestre desse ano. Posso afirmar que dá até vontadezinha de bater nos dois por serem teimosos. Mas é fofo, ver como os dois perdem o jeitinho Abnegação… E juntos ainda por cima.

Para terminar…

PEENIS (ops)

peenis?

Apesar do nome… Será que a Suzannah pensou nisso na hora que ela criou os personagens? Enfim. Peeta e Katniss ❤ Muitos preferem a Katniss com o Gale, mas, desde o começo, nunca gostei dele. Muito menos dele com a Katniss. Na hora que somos apresentados ao romance de Peeta com ela, eu sabia que eu não conseguiria mais gostar de qualquer outro. Ele realmente é muito preocupado com ela, realmente gostava dela, antes mesmo de toda a palhaçada dos Jogos começarem, e eu senti pena dele no primeiro livro. Pena de verdade. Katniss foi a melhor estrategista que os Jogos já tiveram e, no começo, ela usava ele como estratégia para sair viva da arena.

Porém, já mesmo no Em Chamas dá para ver que ela estava se afeiçoando ao Peeta. Talvez ainda confusa, por toda a situação com Gale, mas eu tenho certeza que ela já sentia o coração bobear com o nosso padeiro preferido. Dai chega a arena (we gonna rock, gonna rock, rock, around the clock tonight~) e tudo aquilo acontece e meu coração de shipper não aguentou. Na parte da pérola, eu parei para suspirar e chorar, porque eu queria ter um Peeta para mim. Esperança era um soco no meu coração toda vez que o Peeta olhava torto para ela. E o final… Real ou não?

Eu irei afundar com esses navios,

Real ou não?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s