Uncategorized

Aventuras do NaNoWriMo

Querido diário,

o NaNoWriMo está me desgastando psicologicamente e afetando minhas relações com outras pessoas. Está afetando meu rendimento no cursinho e a única coisa que penso todos os dias quando acordo é: “preciso escrever ao menos 1,667 palavras”. Me ajuda?

Danny.

Eu comecei o NaNoWriMo meio nas coxas, admito. Primeiro, porque não terminei o Pre-NaNo Week e me desculpem por isso, quem sabe no final eu não faça isso? Segundo, porque até ontem, eu tinha 1500 palavras escritas e minha previsão de término era pra maio do ano que vem, muito além do prazo limite do NaNo. Acabei saindo sexta e sábado (sexta fui assistir Thor 2 e amanhã, depois de concluir minha meta do dia, venho contar sobre o filme) e acabei tendo tempo para escrever só hoje de tarde. Então decidi fazer esse negócio direito. Cheguei a 5077 palavras – e ainda contando, porque não pretendo parar por ai. Se continuar assim, ufa, vai dar tempo de terminar.

Acho que meu NaNoWriMo vai ser assim: escrever só nos fins de semana. Domingo que vem é o vestibular da UEL, vish, e por isso tenho que escrever o máximo possível essa semana pra deixar meu fim de semana que vem livre. Estou muito animada com esse livro, está fluindo até que bem. Senti que minha escrita deu uma melhorada desde quando comecei a escrever – que já faz um tempo – até agora. Antes não sentia falta de descrições e parágrafos para expor pensamentos de personagens. Agora sinto falta disso, e to sempre voltando para corrigir alguma coisa, acrescentar, mudar. Por exemplo, uma cena que a Kaira encontra pela primeira vez os rebeldes, tinha ficado bem corrida. Ainda está. Voltei e reescrevi ela algumas vezes já. Pretendo dar uma olhada nela de novo para mudar alguma coisa e acrescentar.

O primeiro capítulo de livros são sempre chatos: introduzir personagens, situar todo o contexto, mas tentei colocar um pouco de ação nele. Acabei mudando um pouco o conceito do livro: antes, a narradora seria apenas a Kaira. Agora pretendo alterar em Kaira e o Tomas, um dos rebeldes, quase como um Legend, se vocês já leram (que aliás, eu amo). Um~dois capítulos Kaira, um~dois capítulos Tomas, porque acho que vai ser importante para a história. Ai vocês vão poder escolher o lado da revolução que vocês querem ficar.

Mudei outros conceitos na história também, no original, não faria nenhum par para Kaira, agora já mudei de ideia. Não vai chegar a ser um triângulo amoroso como na maioria dos YA, mas teremos Kaira dividida entre obedecer os pais e aceitar o casamento forçado (afinal, ela é uma princesa e isso acontece ainda né gente) e seguir o coração dela OWNT. Por que digo que não vai ser um triângulo amoroso? Porque acho que nem vai dar tempo de introduzir esse pretendente forçado, pela linha do tempo do livro, mas logo no primeiro capítulo ela já menciona que faz um tempo que os pais dela estão procurando alguém “a altura”.

E vocês, estão fazendo o NaNoWriMo? Ainda dá tempo de começar e se empenhar. Vamos exercitar a escrita, galera!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s