NaNo prep · NaNoWriMo

NaNo Prep – Diário NaNoWriMo #1

Há 4 dias do início do NaNo, eu decidi que seria hora de realmente começar a pensar no que vou escrever, porque descobri que estou totalmente perdida dentro do mundo que eu própria criei. Faz alguns meses que venho trabalhando na revisão e conclusão de Austral, o meu livro que escrevi no NaNo do ano passado, e percebi que as coisas não estavam mais me agradando. Seja o rumo da história, a narrativa em primeira pessoa. Tudo parecia meio off. Deixei o projeto de lado pra trabalhar em outras coisas e quem sabe voltar a adorar o livro que estava escrevendo.

E funcionou, de certa forma. Novas ideias surgiram, além de uma organização nova que eu to tentando por em prática.

Não lembro quanto tempo ao certo percebi esses problemas – acho que no Camp NaNoWriMo de abril – e desde então venho fazendo pequenos ajustes, explorando mais o mundo de Austral, criando leis, colocando a ordem cronológica em dia. Mesmo assim, as coisas não estavam em ordem para começar o NaNo, até porque eu não tinha ideia do que escreveria. Foi então que comecei a colocar no papel o que eu queria de verdade.

Novembro passado eu comecei bem pantser, ou seja, abri meu word e escrevi, sem me preocupar com nada, nenhum planejamento. Fui fazendo isso só durante o mês, conforme fui tendo a necessidade de ter algum respaldo naquilo que estava escrevendo e talvez essa seja a causa de todo esse incômodo que a história foi me dando. Com uma experiência não tão boa, esse ano decidi que planejaria tudo antes de começar a escrever de verdade e vim aqui falar para vocês como ta indo.

  • Achei uns planejamentos do NaNo passado.

Apesar de ter sido bem pantser no começo do NaNo, no meio do caminho eu fui esboçando uns mapas, fazendo  ficha de uns personagens, organizando toda a estrutura política do mundo, além de ter, em alguns parágrafos, tudo o que eu queria na história. Lendo aquilo percebi que muita coisa saiu do meu controle, e pretendo colocar de volta nos trilhos.

  • Comecei a definir personagens e ambientação.

O plano é voltar para o começo, mais precisamente, para 110 anos antes da história do NaNo passado. Com personagens e ambientação diferente, eu preciso sentar, pesquisar e decidir o que eu quero. No caso, o principal dessa vez é um militar de alto escalão. Preciso definir qual vai ser o posto dele, qual suas motivações, pesquisar sobre o exército brasileiro… Enfim, tem muita coisa pra pensar – e a única coisa que tenho  é o nome dele.

  • Parei de deixar todas as minhas anotações jogadas por ai e seja o que deus quiser.

Tenho um grande problema de organização. Escrevia onde dava, onde tava mais a mão e seguia com a vida. Isso me fez ter uma dor de cabeça enorme atrás de um caderno que minha mãe achava que já tinha ido pro lixo e…. Enfim. Cansei dessa vida de pessoa desorganizada. Agora o livro tem um caderno só para ele e planejamentos.

  • Pretendo utilizar o Scrivener ou derivados.

Scrivener é um software de escrita que te permite organizar melhor sua história. Para escrever, eu uso o LibreOffice e ele me atende pro que eu preciso, mas sinto que ele não me ajuda na organização.Se quero escrever uma cena mais para frente, eu só dou alguns enters nas linhas e escrevo aquela cena. Fica perdida num meio de palavras todas bagunçadas. Então pretendo arrumar isso.

E vocês? Como estão na organização disso tudo? NaNo ta ai pertinho batendo na porta. Vai dar uma de pantser igual fiz ano passado ou dessa vez vai ser planner igual o que eu estou fazendo agora?

confidence

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s